Drupal

Drupal

Open Source CMS

Está aqui

O que é o Drupal?

 

O drupal é um Sistema de Gestão de Conteúdos (CMS - Content Management System). Foi lançado em 2001 e hoje em dia é um dos CMS mais usados no mundo, sendo amplamente adoptado em diversas indústrias. Este sistema foi desenvolvido com a linguagem de programaçãp PHP (a mesma linguagem que o Mark Zuckerberg escolheu para o facebook) e é usado em vários websites, como por exemplo, o website da Casa Branca nos EUA , o da Universidade de Stanford, o da Universidade de Harvard, o da bolsa de Nova Iorque e o do twitter, num universo de mais de um milhão de websites actualmente desenvolvidos nesta plataforma. A fim de entender melhor o Drupal, vamos dar um pequeno passo atrás e explicar o que é um CMS e em que consiste um software Open Source.


Um CMS permite o controlo completo da edição e da organização de um website a partir de um browser como o Firefox, o Chrome ou o Internet Explorer, sem necessidade de conhecimentos de programação.
A interface é personalizada para atender às necessidades e requisitos de cada negócio e permite a qualquer utilizador sem conhecimentos técnicos adicionais ter um controlo total do website.
Alguns dos principais objectivos da utilização de um sistema CMS para a construção de um website são:

  • A redução do recurso a programadores e outras equipas de tecnologias da informação depois da entrega do produto. Permite colocar o controlo nas mãos das pessoas responsáveis por gerir os conteúdos do website (por exemplo, do departamento de comunicação);
  • A separação verdadeira entre o design e os conteúdos, permitindo a visualização através de vários formatos (inclusive dispositivos móveis) e a possibilidade de realizar actualizações gráficas periódicas sem a necessidade de alterar substancialmente o conteúdo;
  • A simplificação dos processos para qualquer utilizador que queira editar o website graças aos assistentes de criação de páginas (guias passo-a-passo) e às ferramentas de edição de fácil utilização (como arrastar e soltar, menus de contexto, etc);
  • A constante evolução tecnológica de um sistema com actualizações regulares, conteúdos dinâmicos e integração perfeita com outros sistemas relacionados.
Software Open Source é um software disponível gratuitamente que tem uma licença que permite a modificação e distribuição ilimitada. Chama-se assim porque cada linha de código está disponível para o público sem nenhum custo.
Exemplos de software open source usados em larga escala a nível mundial: Linux, Apache, MySQL, PHP e Firefox.
É importante salientar que, assim como acontece com software comercial, nem todos os produtos classificados como open source são iguais. Por um lado há os que são bem geridos, onde podemos encontrar produtos como o Drupal, com uma gestão rigorosa, diversos produtos e novas versões lançadas com muita frequência. Por outro lado encontram-se produtos inferiores, que são normalmente mantidos por apenas algumas pessoas, apresentam pouca documentação de apoio e pouco envolvimento da comunidade.
Um software open source fiável apresenta as seguintes características:

  • Apresenta uma grande comunidade de colaboradores (programadores, suporte, ...);
  • É usado por companhias/organizações reconhecidas e de grandes dimensões;
  • É mantido por uma fundação sem fins lucrativos que ajuda a organizar, manter as actualizações e a controlar a colaboração da comunidade.
Escolher uma determinada plataforma de tecnologia pode ser uma tarefa difícil, especialmente tendo em conta os potenciais custos e o tempo envolvidos.
Existem várias razões pelas quais o Drupal pode ser a melhor escolha para a sua organização:

  • Flexibilidade: como descrito nos parágrafos e exemplos acima, o Drupal é actualmente o CMS mais flexível do mercado. Pode ser adaptado às necessidades únicas dos negócios e não restringe as empresas. Enquanto normalmente um software comercial pode exigir um grande esforço para personalizar, o Drupal é construído de base para ser flexível e adaptável;
  • Escalabilidade: além de ser Open Source, o Drupal possui milhares de módulos desenvolvidos pela comunidade envolvida. Enquanto alguns necessitam de alguma personalização, todos podem ser adicionados ao core do Drupal com alguma facilidade. Isto garante que o seu website ou plataforma online podem crescer e mudar, da mesma forma que o seu projecto;
  • Comunidade contribuinte: uma empresa de software pode ter dezenas, até mesmo centenas de programadores a trabalharem em suporte, correcções de bugs, novas funcionalidades, integrações, etc. A comunidade drupal compreende cerca de 180.000 contribuintes ativos. Isto permite uma evolução rápida, com o desenvolvimento de uma quantidade enorme de módulos e integrações;
  • Planeamento de produtos: o Drupal apresenta datas previsíveis e um ciclo regular de lançamento de novas versões;
  • Adopção de empresas e organizações: esta plataforma é utilizada por grandes companhias. No texto de apresentação do que é o Drupal fizemos referência a algumas, aqui estão mais alguns exemplos: Intel, Thomson Reuters, Fórum Económico Mundial, Warner Brothers (140 sites únicos), NASA, AOL, Yahoo...

 

Entre em contacto

  • Rua de Álvares Cabral 288, 3º Piso,
       4050-040 Porto, Portugal
  • Telefone: +351 917 065 915
  • Email: geral@teia.digital

NEWSLETTER

Mantenha-se informado das nossas novidades!


teia.digital © copyright 2020